ANTT

ANTT apresenta balanço sobre benefícios das concessões rodoviárias

por ASCOM - Publicado em 04/12/2018 09h54. Última modificação em 04/12/2018 15h57.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) inicia série de reportagens, neste mês de dezembro, para explicar como funcionam os contratos de concessão das rodovias federais e quais são os benefícios gerados para a sociedade.

A ANTT regula e fiscaliza a exploração da infraestrutura rodoviária federal por meio de investimentos realizados pela iniciativa privada, ou seja, mediante contratos de concessão.

Para a Agência, segurança é item fundamental. Assim, a ANTT inseriu, nos contratos de concessão, os serviços de atendimento médico de emergência. Segundo o balanço divulgado, foram mais de 1 milhão e cem atendimentos nas 20 rodovias federais concedidas, realizados em uma década (2007-2017). Somente em 2017, foram 127.519 atendimentos.

A rapidez no atendimento a vítimas de acidentes de trânsito é um dos fatores determinantes para salvar vidas e para a redução das chances de sequelas graves. A concessionária faz o encaminhamento do acidentado a partir de diagnóstico elaborado por profissional médico competente, que determinará as providências médico-operacionais a serem aplicadas a cada caso, o que diminui o tempo do serviço e reduz a perda de vidas em acidentes graves.

Esse atendimento médico é resultado da tarifa de pedágio que foi paga pelo usuário, assim como os socorros mecânicos, a melhoria da infraestrutura, a segurança viária, a geração de empregos, etc.

Na próxima reportagem, serão abordados os atendimentos mecânicos.

Confira mais informações no Infográfico anexo. 

 

  • Arquivos Relacionados
    Infográfico