ANTT

Balanço/2019: ANTT implanta Serviço Eletrônico de Informação (SEI)

por ASCOM - Publicado em 03/01/2020 18h23. Última modificação em 13/01/2020 15h38.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) implantou, em março de 2019, o Serviço Eletrônico de Informações (SEI), sistema gratuito de produção e gestão de documentos e processos eletrônicos. Nesse ano, a plataforma apresentou um balanço positivo para o público interno e externo, devido à otimização e economia de recursos materiais e de pessoal.

Segundo a chefe do Centro de Documentação (Cedoc) da ANTT, Vera Respino, “O objetivo do sistema foi construir uma infraestrutura pública de processos e documentos administrativos eletrônicos, a fim de padronizar procedimentos, otimizar recursos, gerar economia e promover a eficiência da gestão documental no serviço público”.

De acordo com o balanço, desde a implantação até dezembro de 2019, foram instruídos mais de 400 mil processos digitais no âmbito da Agência e foram protocolados cerca de 50 mil peticionamentos eletrônicos.

Vera Respino acrescenta, ainda, que o sistema beneficiou principalmente a sociedade. Já são mais de 1500 usuários externos cadastrados. “O acesso externo possibilita aperfeiçoamento da transparência, autuação de documentos, acompanhamento dos processos de interesse das partes, controle de prazos, pesquisas em todo o teor, portabilidade, entre outras vantagens tecnológicas e econômicas”, explica.

A superintendente de Serviços de Transporte Rodoviário e Multimodal de Cargas da ANTT (Suroc), Rosimeire de Freitas, reforça a importância e o acerto da implantação do sistema. “O ganho operacional com a entrada do SEI permitiu que a Superintendência estabelecesse novos e menores prazos de análise de documentos”, comenta.

Rosimeire de Freitas exemplifica a produtividade alavancada pelo SEI para o setor de cargas. Para fins de comparação, de março a dezembro de 2018, a Suroc tramitou 7.728 documentos. A média de papel consumido era de 10 resmas por mês e foram enviados 423 ARs ao longo de todo o ano de 2018. “Com 9 meses de implantação do SEI (de 12/3/2019 até 11/12/2019), a SUROC tramitou 6.467 documentos, resultando em 89 habilitações de Operador de Transporte Multimodal, 285 Licenças Originárias, 168 Licenças Complementares, 243 Viagens Ocasionais e 7.536 documentos de modificação de frota. No total, foram 121 ARs (uma redução de 71%)”, constata.

O presidente da ABC Cargas, Danilo Guedes, concorda e parabeniza pelos benefícios promovidos pelo SEI para o público externo. “Ganhamos celeridade, praticidade e otimização de recursos por ser um sistema totalmente eletrônico. Assim, podemos realizar o protocolo a qualquer momento. Antes dependíamos do horário comercial e de disponibilidade de procurador físico para realizar um simples protocolo/entrada do processo junto à agência. Com um sistema totalmente online, a agência se mostra antenada às tendências digitais e à quebra de paradigmas no setor”, relata.

Para o diretor-geral da ANTT, Mario Rodrigues Junior, “Os novos hábitos digitais da sociedade têm nos levado a grandes desafios em termos de gestão. Por isso, a ANTT empregou esforços para se adaptar a essa nova realidade, que nos exige mais celeridade e eficiência nas nossas rotinas de trabalho”.

Para conhecer um pouco mais sobre os benefícios que o SEI trouxe aos usuários externos, acesse nosso sítio eletrônico.